Minha lista de blogs

Total de visualizações deste nosso ambiente:

Para receber um e-mail de cada publicação deste Blog increva-se aqui

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

"O SOFRIMENTO: MATÉRIA PRIMA PARA A UNIDADE"

Bom dia !
Para  hoje, dia 27 de novembro de 2015:
"O SOFRIMENTO: MATÉRIA PRIMA PARA A UNIDADE"
O sofrimento sempre foi uma incógnita para o ser humano e a primeira pergunta que vem em mente a quem sofre é: Por que?
A maioria não encontra uma resposta, mas quando continuamos a amar indo além da dor, esse sofrimento ganha um significado, torna-se matéria prima para concretizar a unidade.
Quem sofre assemelha-se a Jesus Crucificado, que atrai a todos, unindo-os entre si e com o Pai. Ele realizou a unidade horizontal entre nós e a vertical entre nós e Deus.
Não busquemos entender a dor, busquemos transformá-la em amor, em matéria prima na construção da paz e da unidade.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

domingo, 22 de novembro de 2015

"A UNIDADE: NOSSA PRIORIDADE"

Bom dia !

Para hoje, dia 22 de novembro de 2015:
"A UNIDADE: NOSSA PRIORIDADE"
Seguir a rotina do dia, preparar um evento, fazer um programa diferente, um descanso, uma viagem, tudo deve ser direcionado para a unidade. Levar a unidade, ser portador dela em todos os ambientes, trazendo conosco a concórdia, a paz nos relacionamentos, a interação e a sinergia nas ações em conjunto ou nas tarefas individuais.
Como vemos, em tudo podemos priorizar a unidade. E aqui está a solução para todos os males.
Reagir à violência com violência, gera ainda mais violência. É o que estamos assistindo na mídia nesses dias.
Nosso papel é priorizar a unidade no quotidiano, nas coisas mais simples, para que se torne o nosso modo de agir. Isso revoluciona e transforma o mundo, juntamente com orações.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

"ACREDITAR NO AMOR DO OUTRO"

Bom dia !

Para hoje, dia 20 de novembro de 20115:
"ACREDITAR NO AMOR DO OUTRO"
Para que o amor se torne mútuo, não basta que o outro me ame, é necessário que eu acredite em seu amor.
Jesus quando prometeu estar entre nós, disse "Onde dois ou mais estão unidos em meu nome, aí estou eu no meio deles."(Mt 18,20) Essa união requer amor recíproco e confiança total. Essa é a palavra, confiança. É ela que ratifica o amor recíproco.
Acreditar no amor do outro elimina a possibilidade de julgamentos, que nos levam sempre para o lado oposto.
A reciprocidade pode não ter a mesma medida, mas o importante é que exista.
Por exemplo: entre nós e Deus existe reciprocidade, mas a nossa medida de amor é muito inferior à sua, mesmo assim Ele a aceita como igual.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

"TOMAR A INICIATIVA EM AMAR"

Bom dia !
Para hoje, dia 19 de novembro de 2015:
Bom dia !
Para hoje, dia 19 de novembro de 2015:
"TOMAR A INICIATIVA EM AMAR"
Ser o primeiro a amar, este é um dos pontos da arte de amar segundo Chiara Lubich. Quem ama toma sempre a iniciativa, não espera ser amado para poder retribuir.
Se penso apenas em retribuir, me sinto devedor de um amor que foi gratuito. Na reciprocidade não se olha quem ama e quem é amado, pois a gratuidade e a gratidão já estão incluídas em seu agir.
Cada um deve querer ser o primeiro a amar, dessa forma damos testemunho da presença de Deus em nosso meio.
Assim se constrói a paz, que a partir de mim, de nós, se alastra no mundo inteiro.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

O Papa: cristãos não levem uma vida dupla.

O Papa Francisco fala a respeito do próximo Jubileu da Misericórdia

"ACOLHER A DIFERENÇA COMO UM DOM"

Bom dia !
Para hoje, dia 18 de novembro de 2015:
"ACOLHER A DIFERENÇA COMO UM DOM"
Nem sempre é fácil aceitar o diferente de mim, quanto mais acolher como um dom. Mas essa é uma grande verdade.
O próprio Jesus foi recriminado várias vezes porque falava com prostitutas, sentava-se à mesa com pecadores públicos ou hospedava-se em suas casas. Porém, muitos desses são conhecidos como seus discípulos e até um apóstolo e evangelista, Mateus.
O diferente de mim me enriquece justamente por isso, por ser o que eu não sou, pela possibilidade que tenho de conhecê-lo indo além das aparências e descobrir o seu tesouro.
Ninguém de nós é exceção à regra, ninguém é perfeito e nem tampouco totalmente imperfeito.
Além das diferenças existem preciosidades a serem colocadas em comum para o bem de todos.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

terça-feira, 17 de novembro de 2015

"SUPERAR OS DESENTENDIMENTOS COM O AMOR"

Bom dia !
Para hoje, dia 17 de novembro de 2015:
"SUPERAR OS DESENTENDIMENTOS COM O AMOR"
Como seria o mundo se essa frase fosse vivida por todos? Não haveriam guerras, conflitos, atentados.
Utopia?
O mundo mostrado na mídia diz que sim, mas existe outro mundo que cresce em silêncio, que vai se alastrando quase imperceptível e que pode chegar até você.
Lembram a parábola do joio e do trigo que crescem juntos? O joio parece sufocar o trigo, mas na época da colheita o trigo é ceifado e o joio queimado porque não serve.
Pois bem, eu creio em um mundo onde os desentendimentos são superados com o amor, com o diálogo, com a compreensão das razões do outro.
Esse mundo existirá se você agir assim, você o verá, você o construirá e será portador dele onde estiver.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Francisco, Numa igreja luterana: “Devemos pedir perdão pelo escândalo da separação...

"PARTILHAR O SOFRIMENTO DO PRÓXIMO"

Bom dia !
Para hoje, dia 16 de novembro de 2015:
"PARTILHAR O SOFRIMENTO DO PRÓXIMO"
O momento que mais desejamos ter alguém ao nosso lado é na hora do sofrimento. Façamos o mesmo com todos, pois esse tipo de partilha é o que mais reforça os relacionamentos.
O afastamento ou a indiferença de um amigo, de um parente na hora da dificuldade, é dor maior do que a própria dor.
Façamos como gostaríamos que fosse feito a nós. Não importa se ajudamos a resolver ou não o seu problema, o importante é a presença, a solidariedade, a atitude. Isso reforça de tal maneira o relacionamento, que o outro adquire a força de ir adiante, de enfrentar a dor, de superar as dificuldades, pois teve o apoio esperado e desejado.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

domingo, 15 de novembro de 2015

"ESTAR ATENTOS ÀS NECESSIDADES DO OUTRO"

Bom dia !
Para hoje, dia 15 de novembro de 2015:
"ESTAR ATENTOS ÀS NECESSIDADES DO OUTRO"
Para amar com amor puro e verdadeiro temos que esquecer os afetos e agir com um serviço concreto.
Descobrir as reais necessidades do outro e colocar-se à sua disposição no momento presente.
O que o outro realmente necessita? Escuta, atenção, o que comer e beber, atenção à sua saúde, receber uma visita, uma palavra amiga?
A criatividade não tem limites quando o ato é intencionalmente do bem, quando é motivado por algo maior que nós mesmos, o Amor dos amores.
O que fazer para mudar o mundo? é a pergunta que todos se fazem nesses dias. Comecemos a mudar a nós mesmos e veremos um novo mundo à nossa volta. Saiamos de nós em direção ao outro e às suas necessidades.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

FAMÍLIAS NA MESA - SEM CELULAR, diz o Papa Francisco.

PAPA FRANCISCO 


Logos 20151111113310646

O Papa pede para as famílias conversarem na mesa e não usarem o celular

Na audiência, desta quarta-feira, o Santo Padre refletiu sobre o convívio, “belíssima virtude que nos ensina a compartilhar, com alegria, os bens da vida”

REVISTA CIDADE NOVA


From: katiemoura@hotmail.com
To: eustaquio_pinheiro@hotmail.comfocfbelohorizonte@focolares.org.brmariaeliza.tes@gmail.com
Subject: FW: Orientações práticas Ação Cidade Nova 2016
Date: Thu, 12 Nov 2015 10:04:19 -0200

Em 11 de novembro de 2015 16:49, <melinaborges@cidadenova.org.br> escreveu:

Boa tarde a todos!
A greve dos correios atrasou de forma irreparável a entrega dos nossos materiais, trazendo muitos transtornos para Ação, sabemos que em muitos locais os materiais ainda não chegaram, com isso muitos colaboradores ainda não tiveram acesso as informações da Ação. Também é fato de que o e-mail não é um canal de comunicação eficiente.
Mesmo diante desta dificuldades, nossos números são melhores do que o ano passado, e isto nos motiva a ir adiante e ajustar os gargalos que vão surgindo. Mas ainda não atingimos o resultado de que precisamos. Por isto,  é um momento onde toda comunicação que puder orientar, motivar e esclarecer nossos internos e colaboradores, é sempre bem vinda.
Contudo, toda comunicação dentro de um grupo de pessoas só surte o efeito desejado quando conseguimos fazer com que todos os seus membros tenham acesso ao seu conteúdo. Portanto, conto com cada um de vocês para ajudar a levar adiante os seguintes pontos, mesmo que estes já tenham sido enviados ou constam no cartão do colaborador.
- Vídeos:
1 - Vídeo "Cidade Nova, Novos Rumos" (mensagem da Darci sobre a essência da Cidade Nova e a proposta da Ação Cidade Nova 2016):
https://www.youtube.com/watch?v=kEAMkhsC2JU 
2 - Vídeo Animação "Conheça a Cidade Nova e veja o mundo de uma outra forma":
https://www.youtube.com/watch?v=xuV29s33Njw
 
- Envelope do colaborador e boletos: aqueles que ainda não receberam este material podem solicitar através do 0800 que reenviamos por e-mail
- Acompanhamento da Ação: as renovações e novas assinaturas podem ser acompanhadas através do site ou pelo 0800.
- Relacionamento Colaborador x Assinante: mesmo que exista um Call Center fazendo as renovações, é muito importante que cada colaborador faça o contato com os seus assinantes falando da Ação, seus preços promocionais e verificando se a pessoa recebeu o seu boleto em casa.
- Condições de pagamento: 3x boleto; 4x no cartão de crédito e em ultimo caso, o depósito bancário (este deve vir acompanhado do comprovante de depósito para que a identificação seja feita)
- Renovação de assinaturas: podem ser feitas através de todos os canais de atendimento (e-mail; 0800, telefone, whatsapp e skype)
- Novas assinaturas: para facilitar o processo das novas assinaturas, aqueles colaboradores que não quiserem preencher o cupom, existem as seguinte opções:
1 - Envie os dados do assinante (nome completo; cpf; endereço com cep; telefones; e-mail e data de nascimento) para assinaturas@cidadenova.org.br
2 - Envie os dados do assinante pelo whatsapp 11 9 9657-6563 ou pelo 0800 724 2252
3 - Envie apenas o nome do assinante e telefone para qualquer um dos nossos canais de comunicação, solicitando que uma das atendentes da Cidade Nova ligue e faça a assinatura (esta é uma opção que estamos realizando para facilitar cada vez mais o trabalho dos colaboradores)
Canais de comunicação Cidade Nova:
- 0800 7242252 / telefones: 11 9 9657-6563 (tim e whatsapp) / 11 4158-8896 / skype: cidadenovaassinantes
- Emails: assinaturas@cidadenova.org.br / colaborador@cidadenova.org.br
Obrigada a cada um por fazer parte desta Ação conosco. Todos os dias em minhas orações agradeço pelo dom das suas vidas e peço aquela graça especial que cada um necessita por algo em particular.
Não me sinto sozinha neste trabalho, mas motivada e sustentada por todos vocês.
Um abração
Melina

"SER CONSTRUTORES DE UNIDADE"

Bom dia !
Para hoje, dia 13 de novembro de 2015:
"SER CONSTRUTORES DE UNIDADE"

No tempo de Noé, ele construiu a arca e salvou a humanidade e todas as criaturas, da extinção.
Hoje, o mundo à nossa volta parece se autodestruir, mas nós podemos construir uma nova arca para salvá-lo, a arca da unidade.
Ela se constrói a partir de uma atitude pessoal de adesão ao amor recíproco.
Teceremos uma rede de relacionamentos, que pouco a pouco, silenciosamente vai "pescando" todos à nossa volta.
A arca da unidade é feita de madeira resinosa, que veda completamente, fazendo-a resistir às ondas do mar de violências, injustiças e corrupções.
Essa arca já existe, entremos nela sem demora, pois ela tem âncora, leme seguro e condutor.

Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

Links:

Blogg: parolafocolare.blogspot.com.br

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

"NÃO FICAR INDIFERENTES DIANTE DAS INCOMPREENSÕES"

Bom dia !

Para hoje, dia 12 de novembro de 2015:
"NÃO FICAR INDIFERENTES DIANTE DAS INCOMPREENSÕES"

É muito mais fácil omitir-se e permanecer distante da trama dos relacionamentos  do que ter um compromisso de vida com os irmãos. Porém, nossa consciência nos acusa e exige uma atitude.
A justiça deve prevalecer antes de tudo, mas não está acima da caridade. Ao invés de sermos justos e impiedosos, devemos ser justos e misericordiosos. Dessa maneira, não damos margens para incompreensões que podem nos levar a cometer injustiças.
Esclarecer, escutar, ponderar, analisar tudo na ótica da caridade, e veremos as incompreensões se dissiparem como fumaça ao vento.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

"Bartolomeo, eu e meu irmão Francesco"

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Francisco explica na audiência geral porque é importante comer em família.

"ASSUMIR COMO PRÓPRIA A FALTA DE UNIDADE"

Bom dia !
Para hoje, dia 11 de novembro de 2015:
"ASSUMIR COMO PRÓPRIA A FALTA DE UNIDADE"
A humanidade sempre foi a mesma e sempre viveu os mesmos problemas: violência, conflitos, fome e desemprego, corrupção.
Vemos isso na história antiga, nos antigos profetas, nas antigas civilizações, e vemos isso hoje bem pertinho de nós.
Qual seria a solução, ou melhor, o que eu poderia fazer para mudar as coisas?
Assumir como próprias todas essas dores. Não assumir a culpa, mas a solução. Mudar a minha vida. Não ser corrupto nas pequenas coisas, ser pacífico, unir-me a todas as ações benéficas à humanidade.
Preparar o mundo à minha volta para que Deus possa vir habitar entre nós.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

domingo, 8 de novembro de 2015

"SER UM DOM PARA O OUTRO"

Bom dia !

Para hoje, dia 08 de novembro de 2015:
"SER UM DOM PARA O OUTRO"
Hoje é a nossa vez de ser um dom.
Temos sempre algo a oferecer, um talento ou habilidade, o conhecimento profissional, o tempo, a nossa experiência, bens materiais, orações, apoio, compreensão, escuta,... e a lista seria interminável. Porém, em cada uma dessas coisas, podemos doar a vida de Deus em nós, que é o dom mais precioso que podemos ofertar ao outro.
Ao doar Deus, não nos esvaziamos, pelo contrário, mais plenos seremos, pois de Deus não se esvazia, transborda-se.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

A quarta parte da comida desperdiçada acabaria com a fome no mundo.

"ORAR PELA UNIDADE DA FAMÍLIA HUMANA"

Bom dia !
Para hoje, dia 06 de novembro de 2015:
"ORAR PELA UNIDADE DA FAMÍLIA HUMANA"
Essa foi a última oração de Jesus antes de sua morte; "Pai, que todos sejam um, assim como Tu estás em mim e eu estou em Ti, que eles sejam um em nós, para que o mundo creia que Tu me enviaste." (João 17,21)
A unidade, portanto, é um dom de Deus e devemos pedir por ela. Depois, fazer a nossa parte para que ela exista entre nós.
Somente o amor pode nos sugerir o que fazer, pois nele está o princípio da unidade, é através dele que se chega ao ágape, vínculo de amor perfeito.
Mas não vejamos isso como algo inatingível, os pequenos gestos se  equiparam aos grandes, o importante é que ali esteja todo o nosso ser.
Oremos com palavras e atos.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

Curiosidades : quem visualizou este Blog nestes últimos dias!


Visualizações de página por país 

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
65
Rússia
60
Estados Unidos
51
Alemanha
23
Portugal
11
Ucrânia
2
França
1

O Papa insistiu e conseguiu que os bispos perdessem o medo de dizerem o que pensam.

ENTREVISTAS
05.11.2015
Mundo ]

Sínodo: teólogo denuncia que ‘sacerdotes de João Paulo II’ freiam mudanças na Igreja


Marcela Belchior
Adital
Com a realização da Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, apesar das expectativas geradas após um longo trabalho de pesquisa junto à comunidade católica do mundo inteiro, não haverá mudanças teológicas profundas na Igreja, no que diz respeito à sua concepção e às doutrinas relacionadas à família. Para Hector Torres, sociólogo, teólogo colombiano e colunista de Adital, devemos, entretanto, reconhecer avanços no "fazer Igreja”, experimentado pelos bispos presentes no Sínodo, concluído no último dia 25 de outubro, no Vaticano.
"O Papa insistiu e conseguiu que os bispos perdessem o medo de dizer o que pensam. Chamou muito a minha atenção que, nas coletivas de imprensa, os bispos estavam entusiasmados porque o Papa lhes havia feito um chamado a falarem com toda a liberdade. Isto já produziu mudanças e continuará produzindo”, explica Torres.
reproducao
Papa Francisco entre os bispos sinodais. Foto: reprodução

Também teria ficado a consciência entre os bispos de que o mundo mudou e a Igreja precisa acompanhá-lo. "Aos padres sinodais o Papa disse, palavra mais, palavra menos: o mundo mudou e nós devemos mudar”.
Para Torres, as resistências às mudanças ocorrem por se ter no seio da Igreja um grupo eclesial conservador e muito forte. Entretanto, a Igreja respira novos ares, que devem gerar frutos no futuro. "As resistências maiores têm a ver com o medo de modificar a Teologia clássica sobre o matrimônio e com um possível abandono da Tradição em questões matrimoniais. Confundem o Evangelho com Teologia. A Teologia muda. O Evangelho permanece”.
Confira a entrevista exclusiva concedida a Adital.
Adital: A mensagem do Papa conseguiu alcançar avanços durante o Sínodo? Que tipos de resistência à mensagem de Francisco a respeito da família há no Vaticano, hoje?
Hector Torres:Para entender se houve ou não avanços na Teologia da família, é preciso ver a questão em um conjunto, em que intervêm vários fatores. Menciono dois. Um, o Papa não é um homem "progressista”, no sentido que muitos gostaríamos, mas tem uma ideia clara de que deve haver mudanças. Aos padres sinodais ele disse, palavra mais, palavra menos: o mundo mudou e nós devemos mudar. E dois: que se deve saber "manejar” a direita eclesiástica e a política internacional de "direita”, quer dizer, neoliberal, dentro e fora das muralhas do Vaticano, porque há alianças não santas. "Direita”, "tradicionalistas” ou "rigorosas”, como chamam os analistas, é um setor que freia, é muito forte e possui aliados no mundo do capital. A prova desta última afirmação é tudo o que vinha sucedendo dentro do Instituto para as Obras de Religião (IOR), o Banco Vaticano. "Lavava” capitais de magnatas e do narcotráfico! Guardava grandes riquezas de eclesiásticos. Dois fatos fortes, durante o Sínodo, provêm destas "direitas”: a carta dos 13 cardeais e a falsa notícia publicada, segundo a qual o Papa teria um tumor no cérebro. A mensagem subentendida: o Papa já não tem capacidade de pensar, já não pode dirigir a Igreja, o que diz não tem coerência...
comshalom"O mundo mudou e nós devemos mudar”, uma das mensagens dirigidas pelo Papa Francisco aos bispos presentes. Foto: comshalom.org
Francisco não pode dar passos rápidos sozinho, mesmo que ele tenha esse poder que lhe concede, teoricamente, a Teologia clássica, já que muito poucos bispos e sacerdotes lhe acompanhariam. Uns e outros têm a inteligência e o coração em João Paulo II. Se [Jorge Mario] Bergoglio [o Papa] quer que "seu projeto” eclesial perdure, deve saber escolher bem os candidatos ao episcopado. E pedir-lhes que saibam escolher os jovens para o sacerdócio. Isso foi o que fez João Paulo II: "seus” bispos e "seus” sacerdotes, que hoje freiam as mudanças.
Adital: Podemos afirmar que houve avanços?
Sim. Não nas questões teológicas que envolvem a família, mas, sim, na metodologia que utilizada, ou seja, colocar os bispos para "ensinarem” uns aos outros. A falarem "com toda a liberdade” e a escutarem razões e argumentos, de uns e de outros, "com respeito”. O Papa insistiu e conseguiu que os bispos perdessem o medo de dizerem o que pensam. Me chamou muito a atenção que, nas coletivas de imprensa, os bispos estavam entusiasmados porque o Papa lhes havia feito um chamado a falarem com toda a liberdade. Isto já produziu mudanças e continuará produzindo. Nas convicções e nas ideias dos bispos. Serão vistos os frutos. Escutar diferentes argumentos e razões move as inteligências, as consciências e os corações. Em nenhum Sínodo, sob a era João Paulo II-Bento XVI, havia acontecido tal coisa. Sempre houve medo de falar. Recordemos que, sob esse comprido pontificado, cerca de 200 teólogos e teólogas do mundo inteiro foram chamados pela "inquisição”, que chefiou muito bem [cardeal alemão Joseph] Ratzinger [o Papa emérito Bento XVI], durante cerca de 20 anos. No meu entendimento, uma das razões pelas quais o cardeal [alemão Ludwig] Müller está chateado – e está como cabeça da "oposição” cardeal e episcopal ao Papa – é porque não pode exercer uma "inquisição” em tempos da "misericórdia” do Papa Bergoglio.
revistaecclesia
Apesar das expectativas, não houve mudança doutrinária da Igreja em relação ao tema Família. Foto: revistaecclesia

Adital: Que tipos de resistência à mensagem de Francisco sobre o tema família há no Vaticano, hoje? Quais os principais pontos em debate?
As resistências maiores têm a ver com o medo de modificar a Teologia clássica sobre o matrimônio e com um possível abandono da Tradição em questões matrimoniais. Confundem Evangelho com Teologia. A Teologia muda. O Evangelho permanece. Os principais pontos do debate foram a indissolubilidade do matrimônio homem-mulher, a comunhão aos divorciados, a aceitação de formas cada vez mais utilizadas de convivência entre as pessoas, como a união livre, a coabitação pré-matrimônio, o concubinato, as relações sexuais fora do casamento, o uso de anticonceptivos...
Na prática, quais foram as principais mudanças impulsionadas pelo Sínodo?
O acesso à comunhão dos divorciados, que, agora, está nas mãos dos bispos e dos párocos, para que exerçam sua capacidade de misericórdia, com "discernimento”.
Como podemos avaliar as conquistas do Sínodo?
Nesse momento, no curto prazo, impossível. Participaram apenas 250 bispos dos mais de 5 mil. Pelo que assistimos com os "frutos” dos 27 sínodos que já aconteceram e os quase 30 anos de insistência na Nova Evangelização, e à crise profunda da Igreja, não se pode esperar grandes esperanças. A transmissão de conteúdos não é fácil. E colocá-las em prática, menos ainda. Não nos esqueçamos que temos um clero mais preocupado em aplicar o direito canônico do que a criar Teologia e novas formas pastorais. Um clero que repete e repete ritos e rituais, mas não inova no pensamento, não atualiza a teologia. Quantos bispos e sacerdotes lerão a fundo o Documento Final [do Sínodo]? Muito poucos.
Colaborou Paulo Emanuel Lopes.

Marcela Belchior

É jornalista da Adital. Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), estuda as relações culturais na América Latina.
E-mail:
marcela@adital.com.br

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

"ESTAR PERTO DE QUEM SOFRE"

Bom dia !

Nem sempre a proximidade física é sentida, é necessário que seja também efetiva e afetiva. Devemos agir como o pastor que Jesus descreve, que deixa as 99 ovelhas no redil a pastar e vai em busca da ovelha perdida. Quando a encontra a traz nos ombros e a coloca junto com as outras, depois alegra-se com os amigos.
Estar perto é colocar-se no lugar do outro; é sofrer com ele as sua penas; é fazer-se presente mesmo distante; é ser um com o outro nas suas dores e alegrias.
Que possamos sempre ouvir dos amigos a frase: "Tinha certeza que podia contar contigo."
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

"DERRUBAR OS MUROS DAS INCOMPREENSÕES"

Bom dia!

As causas das incompreensões são variadas, mas uma em especial é a mais frequente: a falta de escuta recíproca, de tentar perceber a experiência do outro e as suas emoções, para tentar ajudá-lo a viver melhor a sua realidade. Só isso bastaria para fazer desmoronar as barreiras dos mal entendidos.
Vivemos em um mundo doente de negativismo, medo e insegurança, mas podemos dar uma resposta imediata com o nosso agir. Podemos mudar o nosso modo de nos relacionarmos com quem está próximo a nós, derrubando barreiras e construindo pontes.
A melhor proteção é vivermos interligados e interdependentes através do amor mútuo.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Caso Vatileaks. Alguns pontos da gravação do Papa.

"QUE TODOS SEJAM UM" - Palavra de vida de novembro de 2015 -

P.VIDA - Novembro 2015 2-HD (720p) from João Manoel Motta on Vimeo.

Preso um padre alto funcionario do Vaticano e uma mulher por possivel caso de publicação de documentos reservados

Assim foi o Vatileaks, a primeira traição a um Papa

Emotivo encontro entre o Papa Francisco e Eugenia Tobal - artista argentina

Papa Francisco: o camino da santidade é o mesmo da felicidade

"ASSUMAMOS TODAS AS DIVISÕES"

Bom dia !
Para hoje, dia 03 de novembro de 2015:
"ASSUMAMOS TODAS AS DIVISÕES"
 Na oração de Francisco de Assis tem a frase "Onde houver discórdia que eu leve e a união". Acho que é este o significado que podemos dar à frase de hoje.
O mundo em que vivemos é um mundo de conflitos. Como posso dar a minha contribuição para que haja a união? Semeando a paz nos ambientes onde vivo: na família, no trabalho, na rua, entre os amigos, na comunidade. Depois disso, aí sim, posso participar de campanhas a nível mundial.
Devo dar um mergulho em meu interior e buscar a minha união com Deus. É partir dela que consigo levar a união entre todos, assumindo todas as divisões.
Abraços,
Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

"AMAR QUEM PASSA AO NOSSO LADO"

Bom dia !

Para hoje, dia 02 de novembro de 2015:

"AMAR QUEM PASSA AO NOSSO LADO"

Não podemos amar com projetos, o amor tem que ser imediato, no momento presente da vida.
Às vezes, com muita boa intenção, planejamos ajudar os necessitados e trabalhar pelo bem das pessoas, mas esquecemos de viver o momento presente.
Basta que amemos quem passa ao nosso lado e estaremos fazendo o que a caridade sugere. No agora podemos cumprir toda a missão que nos é pedida por Deus. O "Vem e segue-me" é instantâneo,  não se planeja, e dois passos importantes são necessários: renunciar a si mesmo e amar a todos.
O amor realiza a comunhão mais verdadeira que possa existir, porque colocamos em comum com o outro nosso próprio ser. Mesmo a quem já partiu desse mundo podemos amar, nós os amamos com a oração e eles com a intercessão,  pois estão inseridos em Deus, em Jesus que é nosso mediador de graças.
Lembremos, só é possível amar no agora a quem está ao nosso lado. É através dessa comunhão que chegamos a Deus.

Abraços,


--

Apolonio Carvalho Nascimento
apoloniocnn@gmail.com

Links:
Blogg: parolafocolare.blogspot.com.br